Breaking News
Loading...
Wednesday, 28 November 2012

A polícia prendeu novamente a atriz canadiana Genevieve Sabourin, acusada de perseguir Alec Baldwin (série TV 30 Rock). Ela foi surpreendida nesta terça-feira (27/11), no encerramento de uma audiência no tribunal de Manhattan.
As autoridades não informaram o motivo dela ter sido detida novamente, mas um juiz ordenou que ela ficasse longe do ator. Entre os motivos podem estar as postagens de tweets revoltados contra a nova esposa de Baldwin.
O advogado de defesa da atriz, Rick Pasacreta, confirmou que a sua cliente estava de novo sob custódia da polícia, mas afirma não ter sido informado sobre as novas acusações. Genevieve deve voltar ao tribunal ainda nesta quarta-feira.
Os problemas de Genevieve com a polícia começaram quando ela tentou entrar em contato diversas vezes com Baldwin, implorando para ele se casar com ela, inclusive em e-mails enviados alguns dias depois dele se envolver com a professora de ioga Hilaria Thomas.
A atriz havia sido presa em abril pelo crime de perseguição e assédio ao tentar falar com Baldwin no seu apartamento e numa cerimónia apresentada pelo ator. Ela foi solta, mas um juiz emitiu a ordem de proteção temporária para o ator. «Eu só vim para ver o Alec porque preciso de falar com ele», teria dito ela à polícia, de acordo com documentos judiciais.
Outro advogado da atriz afirma que a sua cliente teve um relacionamento sério de dois anos com Baldwin e., por isso, ela tinha um «objetivo legítimo» para tentar entrar em contato com ele. Alec Baldwin e Genevieve Sabourin conheceram-se durante as filmagens de "Pluto Nash", em 2002, uma comédia de Eddie Murphy em que Baldwin não aparece nos créditos e Genevieve faz a figuração. Desde então, ela tem atormentado o ator, dizendo que quer ter um filho dele e pedindo dinheiro emprestado.

0 comments:

Post a Comment