Breaking News
Loading...
Monday, 19 November 2012

O realizador Pedro Filipe Marques declarou-se «muito feliz» por ter vencido, em Coimbra, o Festival Caminhos do Cinema Português.
«É um reconhecimento pelo meu trabalho. Fico muito feliz», declarou à agência Lusa o realizador da longa-metragem "A nossa forma de vida", que lhe valeu o Grande Prémio do festival de Coimbra, cuja sessão de encerramento se realiza esta noite.
Pedro Filipe Marques disse que trabalhou «muito tempo na montagem» de películas, mas que "A nossa forma de vida" é a primeira obra da sua autoria.
«Foi muito bom ter sabido hoje do prémio. Não estou muito habituado», disse quando, ainda em Lisboa, se preparava para viajar para Coimbra para receber o prémio, numa cerimónia que começa às 22:00, no Teatro Académico de Gil Vicente.
A produção do documentário distinguido com o mais importante galardão do Festival Caminhos do Cinema Português decorreu entre 2008 e 2011.
«O meu primeiro reconhecimento foi ter terminado o filme», afirmou, recordando as diferentes dificuldades que teve de enfrentar naqueles três anos de trabalho.
Além de ter arrebatado o principal prémio do festival, Pedro Filipe Marques foi considerado o Melhor Realizador e recebeu o Prémio D. Quijote, atribuído pela International Federation of Film Societies (IFFS).
Segundo fonte da organização, os outros «grandes vencedores» do Festival Caminhos do Cinema Português são Vicente Alves do Ó e Rita Azevedo Gomes, enquanto realizadores das obras "Florbela" e "A Vingança de Uma Mulher", respetivamente, com três prémios cada.
Na semana passada, "A Nossa Forma de Vida", de Pedro Filipe Marques, já tinha conquistado o prémio "Extra Muros" para o melhor documentário de estreia no Festival de Cinema Pravo Ljudski, decorreu em Sarajevo entre 7 e 12 de novembro.
A obra aborda o envelhecimento do casal Armando e Maria Fernanda, que olha o mundo da sua residência, um oitavo andar numa torre sobranceira ao rio Douro.
«A Nossa Forma de Vida» também já tinha sido premiado no DocLisboa, em 2011. Este ano, obteve uma menção especial no festival internacional de Cinèma du Réel, em Paris, e foi selecionado para a competição do DocumentaMadrid 2012, realizado em maio.
Pedro Filipe Marques é licenciado em Realização Cinematográfica pela Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa.

Ver notícia relacionada
XIX Caminhos do Cinema Português apresenta competição oficial

0 comments:

Post a Comment