Breaking News
Loading...
Thursday, 8 November 2012

Treze filmes de produção portuguesa vão ser exibidos no Festival de Cinema de Roma, que começa na sexta-feira, em Itália, entre os quais obras encomendadas a realizadores portugueses e estrangeiros, no âmbito de Guimarães Capital Europeia da Cultura, escreve a agência Lusa.
Todos os filmes selecionados serão exibidos na secção CinemaXXI, que abrirá oficialmente com a estreia mundial de «Centro Histórico», soma de quatro curtas-metragens com Guimarães em fundo, realizadas por Pedro Costa («Lamento da Vida Jovem») e Manoel de Oliveira («O Conquistador Conquistado»), pelo finlandês Aki Kaurismaki («O Tasqueiro») e pelo espanhol Victor Erice («Vidros Partidos»).
Os únicos dois filmes portugueses em competição no festival, naquela secção, são «Photo», a primeira longa-metragem de Carlos Saboga, que até aqui tem trabalhado no cinema como argumentista, e a curta-metragem «Quatro Horas Descalço», de Ico Costa.
«Photo» é protagonizado pela atriz francesa Anna Mouglalis e inclui ainda Simão Cayatte, Johan Leysen, Anabela Brígida, Didier Sandre, Ana Padrão, Marisa Paredes e Rui Morisson.
Em «Quatro Horas Descalço», Ico Costa recupera uma história verídica de um rapaz, numa localidade no interior do país, que mata o pai e percorre longos quilómetros a pé, para confessar o crime às autoridades.
Fora de competição será mostrado em Roma o filme «O Fantasma do Novais», de Margarida Gil, sobre o escritor, jornalista e crítico vimaranense Joaquim Novais Teixeira, uma encomenda de Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012.
Também sob o signo de Guimarães apresentam-se seis curtas-metragens repartidas por dois blocos: «Guimarães Transversal» e «Histórias de Guimarães».
O primeiro inclui «Birds», de Gabriel Abrantes, «A Mesa Ferida», de Marcos Barbosa, e «Der Schlingel», de Paulo Abreu.
O segundo bloco de curtas-metragens subordinadas a Guimarães integra «O Bravo Som dos Tambores», de João Botelho, «O Dom das Lágrimas», de João Nicolau, e «Vamos Tocar Todos Juntos Para Ouvirmos Melhor», de Tiago Pereira. Todos estes seis filmes foram feitos este ano.
O júri da secção CinemaXXI, que distinguirá os melhores filmes, é presidido pelo artista visual Douglas Gordon. O Festival de Cinema de Roma decorrerá de 9 a 17 de novembro.

0 comments:

Post a Comment