Breaking News
Loading...
Wednesday, 19 December 2012

Boa tarde e bem-vindos a mais um post dedicado às estreias da semana, desta vez incidente sobre as obras que poderemos visionar a partir de amanhã, dia 20 de Dezembro. Curiosamente, os cinco novos filmes já foram todos vistos e devidamente apreciados pelo Aníbal, pelo que de cada um poderemos encontrar uma crítica já publicada neste nosso simpático blogue.

Comecemos por "Vertigo - A Mulher que Viveu Duas Vezes", uma das mais reputadas obra-primas de Alfred Hitchcock. Lançado em 1958, o filme foi recentemente considerado pela revista "Sight and Sound" como o melhor filme de todos os tempos. A obra, na versão restaurada, vai passar em primeiro lugar nas salas de cinema do UCI em Lisboa e no Porto, circulando por outras zonas do país, apenas em Janeiro. Passo a transcrever um excerto da crítica do Aníbal ao filme: «Desde a magnífica utilização dos efeitos de câmara, os créditos iniciais de Saul Bass (acompanhados por vários close-ups da face de Kim Novak e pela a música de Bernard Herrmann, que dão o mote para o grande espectáculo que aí vem), as interpretações acima da média de James Stewart e Kim Novak, a banda sonora composta por Bernard Herrmann, o argumento de Alec Coppel e Samuel A. Taylor, a realização magnífica de Alfred Hitchcock, tudo contribui para "Vertigo" ser muito mais do que um filme de suspense, mas sim uma obra de arte, uma das obras-primas de Alfred Hitchcock e uma das obras mais marcantes da história do cinema

Mas há também "A Vida de Pi", o novo filme de Ang Lee, que tem recebido críticas muito positivas e que é absolutamente aconselhável da nossa parte. E para ilustrar esta consideração, passo a transcrever um excerto da crítica que o Aníbal escreveu ao filme: «Entre o Oceano de todos os desesperos, a ilha carnívora de todos os encantos e todos os medos, a alegoria que esconde um passado nefasto, a procura de um Deus que tarda em revelar os seus desígnios, "A Vida de Pi" não se limita a apresentar uma boa história ao espectador, mas também a apaixoná-lo e a transportá-lo para um mundo de cor e fantasia, mergulhando-o num oceano de ilusões, nas quais a fé e a força de vontade de um jovem são colocados à prova numa obra visualmente brilhante, na qual a arte de contar uma história surge aliada à arte de a apresentar.» 

 "Holy Motors", o novo filme de Leos Carax, é uma obra muito incomum e, diga-se já, não é para todos. O filme é particularmente estranho, requer uma mente aberta e o Aníbal gostou muito dele, como podem constatar, mais uma vez, por este trecho da sua crítica: «No início de "Holy Motors", deparamo-nos com um personagem interpretado por Leos Carax, que acorda (ou encontra-se num sonho) e depara-se com uma sala de cinema na qual o público está morto, durante uma exibição de "The Crowd", de King Vidor, numa certa crítica à passividade do público. No final de "Holy Motors", os nossos sentimentos estarão tudo menos mortos, com Leos Carax a desenvolver uma obra cinematográfica ousada, um espectáculo bizarro e algo surreal, no qual Denis Lavant tem um desempenho notável e o espectador é colocado perante um filme que promete não deixar ninguém indiferente.»

"Pela Estrada Fora" é a adaptação elaborada por Walter Salles ao clássico romance de Jack Kerouac, e parece estar profundamente fiel ao espírito da obra. Olhai mais um excerto da crítica do Aníbal ao filme: «Sal Paradise e Dean Moriarty vivem para o momento, para lutarem pelos seus ideais, pelos seus sonhos, para desafiarem o destino e as convenções, dois jovens saudavelmente loucos e anti-establishment, que enfrentam as estradas mesmo que estas sejam tortuosas. Walter Salles, apaixonado por estes personagens, pela cultura e ambiente que os rodeia enfrenta algumas dessas estradas tortuosas, derrapa em alguns desses caminhos perigosos, mas é bem sucedido a percorrer a estrada do entretenimento, enquanto consegue transmitir o sabor do momento vivido pelos personagens, os seus ideais, num road movie que transporta o espectador para o interior da geração beat, num retrato apaixonado que consegue criar no espectador uma certa nostalgia de um tempo não vivido e de partilhar alguns dos ideais utópicos destes personagens

 E com isto chegamos ao quinto filme, "Hotel Transylvania", uma obra com um cunho muito pessoal de Adam Sandler, que tem uma ideia muito interessante: «Se gosta de Adam Sandler e do seu estilo de humor, certamente irá ficar deliciado com várias das piadas do filme, se não, o mais provável é que se torne latente o facto de Sandler fazer com que a sua voz sobressaia em demasia relativamente ao personagem (muitas das vezes não parece que estamos a ver o Conde Drácula, mas sim Adam Sandler de capa e com as suas vozes irritantes), num filme onde se nota claramente o peso do produtor.»

E por hoje é tudo. Recordo que mudámos o critério relativo às notas com que vamos avaliando os filmes, sendo que, agora, passámos dos números (de 1 a 10) às estrelas (de 1 a 5). Boa semana!

Vertigo - A Mulher que Viveu Duas Vezes

Título original: Vertigo

Género: Mistério / Romance / Thriller

Realização: Alfred Hitchcock

Elenco: James Stewart, Kim Novak, Barbara Bel Geddes, Tom Helmore, Henry Jones, Raymond Bailey, entre outros.

Imdb (8.5) / Rotten Tomatoes (98%) / Ebert
Rick's Cinema (5)

Sinopse (sapo): Traumatizado com a morte de um polícia, John Ferguson é levado a retirar-se do activo. É então que um antigo colega de escola o contrata para vigiar Madelaine, sua mulher. Duas mulheres que são uma só e um homem que numa procura recriar a imagem que tem da "outra".
Trailer





A Vida de Pi

Título original: Life of Pi

Género: Aventura / Drama

Realização: Ang Lee

Elenco: Suraj Sharma, Gerard Depardieu ("Le Père Noël est africain"), Adi Hussain ("Ishqiya"), Irrfan Khan ("Slumdog Millionaire"), Tabu ("Pandurangadu"), Rafe Spall ("Prometheus"), entre outros.

Imdb (8.4) / Rotten Tomatoes (88%) / Ebert (4)
Rick's Cinema (5)


Sinopse: Filho do administrador do jardim zoológico de Pondicherry, na Índia, Pi Patel possui um conhecimento enciclopédico sobre animais e uma visão da vida muito peculiar. Quando Pi tem dezasseis anos, a família emigra para a América do Norte num navio cargueiro juntamente com os habitantes do zoo. Porém, o navio afunda-se e Pi vê-se na imensidão do Pacífico, a bordo de um salva-vidas, acompanhado de uma hiena, um orangotango, uma zebra ferida e um tigre de Bengala. Em breve restarão apenas Pi e o tigre, e a única esperança de sobreviverem é descobrirem que ambos precisam um do outro...
Trailer





Holy Motors

Género: Drama / Fantasia / Ficção Científica

Realização: Leos Carax

Elenco: Denis Lavant, Edith Scob, Eva Mendes, Kylie Minogue, Elisa Lhommeau, Michel Piccoli, Jeanne Disson, entre outros.

Imdb (7.2) / Rotten Tomatoes (90%) / Ebert (3,5)
Rick's Cinema


Sinopse (Filmspot): Seguimos 24 horas na vida de Monsieur Oscar, um ente que se desloca de ser vivo para ser vivo, como um assassino solitário se desloca de vítima para vítima. Cada vida que possui tem uma identidade distinta: assassino, pedinte, presidente de uma grande empresa, criatura monstruosa, trabalhador, homem de família...
Torna-se claro que Monsieur Oscar representa e que se atira de cabeça para cada novo papel. Mas onde estão as câmaras, a equipa de filmagem, o realizador?
Parece terrivelmente só, apenas acompanhado por Celine, a mulher de cabelos louros que o conduz por Paris numa enorme limusina. Parece exausto pela ligação a vidas que não lhe pertencem, por matar inimigos que não são os seus inimigos, por abraçar mulheres e crianças que não são suas. Mas por vezes sentimos que morre um pouco por deixar alguém.
 Afinal, onde é a sua casa? Onde está a sua família, o seu lar?
Trailer





Pela Estrada Fora

 Título original: On the Road

Género: Aventura / Drama

Realização: Walter Salles

Elenco: Garrett Hedlund, Sam Riley, Kristen Stewart, Kirsten Dunst, Amy Adams, Viggo Mortensen, Steve Buscemi, Elisabeth Moss, Tom Sturridge, Alice Braga e Terrence Howard.

Imdb (6.3) / Rotten TomatoesRick's Cinema

Sinopse: O filme dirigido por Walter Salles é uma adaptação da obra literária "On the Road", da autoria de Jack Kerouac. O romance literário foi publicado originalmente em 1957, tendo despertado a atenção do público e da crítica, sendo agora adaptado ao grande ecrã, pelas mãos do cineasta brasileiro, Walter Salles. O enredo de "On the Road" centra-se em Sal Paradise (Sam Riley), um escritor que vive em Nova Jersey, que conhece Dean Moriarty (Garrett Hedlund) um ex-condenado completamente alucinado. Os dois decidem atravessar os Estados Unidos de costa a costa, numa jornada de auto-conhecimento.
Trailer





Hotel Transylvania

Género: Animação / Comédia / Família

Realização: Genndy Tartakovsky

Elenco: Adam Sandler, Kevin James, Fran Drescher, David Spade, Steve Buscemi, Molly Shannon, Cee Lo Green, Andy Samberg,  Selena Gomez.

Imdb (7.1) / Rotten Tomatoes (43%) /
Rick's Cinema
(2,5)

Sinopse: Bem vindos ao Hotel Transylvania, o resort de cinco estacas do Conde Drácula (Sandler), onde os monstros e as suas famílias podem viver sem as intromissões dos humanos. Mas, eis um facto desconhecido sobre o Conde Drácula: este não só é o Príncipe das Trevas, como também é um pai super-protector. Este inventa vários contos sombrios para tentar afastar os ideais rebeldes de Mavis, a sua filha adolescente. Feito para funcionar como o paraíso para Mavis, Drácula abre o Hotel Transylvania, onde este e a filha, mais alguns dos monstros mais conhecidos do Mundo - Frankenstein e a sua esposa, a Múmia, o Homem-Invisível, uma família de Lobisomens, entre outros - podem viver em paz. Servir todos estes monstros não é problema para o Conde Drácula, o verdadeiro problema surge quando um humano de vinte e um anos surge na porta do seu hotel e desperta a curiosidade de Mavis.
Trailer


0 comments:

Post a Comment